the-thousand-synonyms-of-love:

"Confesso que não sou a melhor namorada do Mundo, muito menos a mais carinhosa, a mais bonita, a mais compreensiva, a mais criativa, a mais perfeita… mas sou certamente a mulher que mais te ama agora e sempre, nos bons e maus momentos!"

PA

"Eu vou te fazer carinho, cafuné, dar beijo e cheiro. Eu vou assistir seu filme favorito, te cuidar, te animar quando você estiver triste e atravessar o mundo se você estiver com dor. Eu vou pegar na tua mão nas horas mais difíceis da sua vida, eu vou ser teu alicerce, teu chão, o teu apoio pra você não cair. Eu vou te mimar até não poder mais, eu vou me dedicar pra fazer dar certo, eu vou cheirar o teu pescoço no fim da tarde e ver que não tem perfume melhor que aquele, eu vou te dar a mão no cinema e nem ligar pro filme, eu vou te ligar de madrugada só pra ouvir sua voz. Eu vou querer conversar sério, vou querer brincar, vou querer bater papo até amanhecer. Eu vou querer as nossas risadas misturadas porque o meu coração gosta do barulho, eu vou brigar com você e depois me desculpar. Eu vou sentir ciúmes por motivos inúteis, eu vou te irritar, te provocar, eu vou tentar bancar a durona com você e não vou conseguir só por ver o seu sorriso, eu vou pedir pra você ir embora só pra ver se você vai ficar. Eu não vou ser perfeita, mas uma coisa é certa: eu vou te entregar o meu coração, só pra ele ser seu pra sempre."
- (via rememberjanuary)
"Lembro de como tudo começou. Desde quando nos tornamos amigos. Acredito que tudo já estava escrito, tudo surgiu tão do “acaso”. Ficamos amigos e fomos nos aproximando cada vez mais e mais e mais. Lembro das nossas brincadeiras, dos apelidos idiotas , de como me fazia rir das coisas mais bobas, mesmo quando eu não tinha motivo algum para sorrir, enfim, de tudo. Comecei a ter uma certa afeição por você, um carinho de amigo ou até mesmo de irmão, nunca imaginei em chegar ao ponto de gostar de você de outra maneira. Depois de muitos meses de amizade, uns 8 ou 7 meses, para ser mais especifica, tudo começou a mudar. Falávamos-nos ao telefone quase todos os dias, eu tinha necessidade de ouvir tua voz, mesmo sem saber. Você começou a dar pistas que estava gostando de mim, de outra forma, eu até me fazia de cega, mas no fundo, bem lá no fundo eu percebia. Não queria começar nada sem ter certeza. Mas, com o passar do tempo você foi me ganhando, me encantando, me conquistando, me fazendo mudar de ideia. Passei algumas semanas em duvida, e quando vi, comecei a criar uma certeza dentro de mim. Quando percebi, você havia tomado conta dos meus pensamentos, comecei a pensar em você antes de dormir, ao acordar, enfim. Você começou a me fazer bem, me trazer segurança, me trazer sensações boas. Então, comecei a corresponder o que você sentia. Dia 26 de agosto de 2012, tem como não lembrar? Você chegando, eu lhe dando um beijinho no rosto e nós subindo as escadas de mãos dadas. Depois ficamos lá, abraçados, conversando, rindo, nos beijando. Dia 26 de agosto, dia do nosso primeiro beijo. 26 de agosto de 2012, o dia que nossa história de amor, chegou ao “enfim, juntos”. Eu olhava para você e não acreditava que você estava ali, do meu lado, me abraçando, me dando carinho. Nem acreditava que você estava ali, que você era meu namorado. Logo você? Alguém que sempre considerei como amigo e achei que nunca iria passar disso. E olha só, agora era meu amigo e namorado. A vida gosta de nos surpreender. Foi tudo perfeito, cada detalhe, cada momento juntos, todas as palavras, tudo. O tempo ia passando e eu começava a me imaginar com você para sempre. Fomos ficando mais amigos, mais cúmplices, fomos criando uma confiança inquebrável, todas as suas atitudes me aproximavam cada vez mais de você. A cada dia que passava eu ia percebendo que eu lhe amava, que era amor, que eu precisava ficar com você, fazer valer a pena, lutar para ser para sempre. É incrível a forma que cumpria/cumpre tudo que promete. Toda essa beleza interior ia me encantando mais e mais. Passamos muitos momentos bons, alguns ruins, poucos. Já brigamos se é que se pode chamar de briga. Superamos distancia, enfrentamos a saudade e deixamos o amor ser maior do que qualquer obstáculo. Enfim, já passamos por muitas coisas. Confesso que nunca senti por alguém, o que sinto por você. E olha só, hoje faz 6 meses de namoro, os 6 meses mais felizes da minha vida. A metade de um ano. Para muitos pode parecer pouco tempo, mas comparando com o tanto de meses que ainda quero passar com você, realmente é. Adoraria estar do seu lado agora, lhe beijar e dizer que te amo. Mas, já que a distancia não permite, tenho que me conformar. Eu te amo, meu amor. Amo seus defeitos, suas qualidade que são muitas, amo como cuida de mim, amo seu empenho em cumprir o que diz, amo as provas de confiança que me dá, amo seu abraço, amo seu beijo, enfim, amo você. Amo você completamente e quero passar todos os dias da minha vida ao seu lado. Você me faz feliz. Só você.
Quero lhe pedir um presente. Fica comigo para sempre? Me faz feliz assim até o meu ultimo dia de vida? E não me deixa? Te amo."
- 184 dias de felicidade. (via criptogra-far)
"Não ta fácil né? Não ta fácil vencer essas brigas essas ”diferenças” esses erros bobos e essas crises de ciúmes. Não ta fácil ter que ficar longe manter o orgulho firme e fingir que a saudade não aperta. Mas eai seria mais fácil viver sem mim? Seria mais fácil acabar com tudo e seguir em frente? Eu respondo por mim que NÃO. Não existe seguir a minha vida sem você. Não existe outra pessoa que vira mexe e confunde tanto a minha cabeça e os meus pensamentos. Não há ninguém por quem meu coração bata mais forte do que quando bate ao ouvir o som da sua voz a sua risada gostosa as suas declarações e os nossos planos. Não ta nada fácil mesmo né? E se a gente desistir? Vai ser melhor? Incrível que quando a gente ama uma pessoa não aceitamos a ideia de que ela possa querer seguir em frente sem você e que bom que não é o nosso caso. Vamos superar isso? Vamos deixar tudo de lado e focar na gente? Segura minha mão e eu prometo que eu não deixo você cair. Prometo te fazer a pessoa mais feliz do mundo ou o mais próximo disso. Olha pra mim amor eu to aqui. Eu to esperando você da um sinalzinho verde sabe? Um sinalzinho de que eu posso seguir lutando pelo nosso amor mas que eu não to sozinha nessa. Que eu vou ter o meu namorado do meu lado me ajudando a remar e enfrentar toda essa tempestade. Um sinalzinho…só um sabe? De que o nosso amor vai sobreviver a isso tudo e que eu vou continuar sendo a sua princesa assim como você é o meu príncipe. Eu vou continuar de pé ta? Por mim e por você. Eu te amo e vou amar cada vez mais não importa o que aconteça."
- Flávia Pillar (via xupadinha)
"Eu quero noivar, casar, ter filhos com você. Quero fazer você se apaixonar por mim todos os dias. Quero mostrar para todos que o nosso amor não foi uma coisa passageira, mas sim algo que vai durar até nossos corações parar de bater. E eu vou estar aqui pra você, até quando não quiser, até mesmo quando não merecer. Porque querendo ou não, eu te amo, ou talvez seja até mais que amor."
- Romanceais. (via romanceais)
"E para falar a verdade, nesses últimos dias que se passaram, pensei apenas em você, noites em claro, banhos demorados, sorrisos apaixonados. Tá ai uma palavra que me define “paixão” estar apaixonada. Mas não pense que me apaixono por todo cara que me arranca sorriso. Com você é tudo diferente, porque você é diferente, você talvez, possa ser tudo o que eu desejei um dia, um homem que me faz feliz e que me intende quando eu mesmo não me intendo. Você sempre esteve presente em minha vida e espero que continue assim, existindo o eu e você e que um dia possa existir o “nós”. Passei a frequentar os lugares que você vai, passei a ouvir as suas músicas preferidas, aprendi a fazer seu prato favorito, aprendi que a vida sem você, não é vida, passei a ver com outros olhos tudo que você faz para mim. Eu poderia fazer uma lista das coisas pelas quais eu me apaixonei em você, mas, é tudo, eu me apaixonei pela sua risada, pelo seu jeito tímido, pelo jeito que fala, pelo jeito que você me olha, enfim, tudo. E se eu pudesse, eu pararia o tempo e correria para seus braços e esqueceria de tudo e de todos."
- Fernanda Gomes (via tristez4-sem-fim)